terça-feira, 10 de agosto de 2010

"O tempo é uma abstração, não pode ser medido. Peça à garota apaixonada que espera pelo namorado no aeroporto para descrever o que significam sessenta minutos. Em seguida, faça o mesmo pedido a um condenado à morte. Não há dúvidas de que serão descrições diferentes, embora a medida seja a mesma. Tempo é expectativa, é o portão de ferro da angústia. Passa mais rápido ou mais devagar de acordo com o grau de ansiedade do porteiro. Os sentidos são insuficientes para percebê-lo".

.
(Felipe Pena, in O marido perfeito mora ao lado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário